sábado, 6 de maio de 2017

COMANDANTE SOUSA MACHADO


Celebra hoje o seu aniversário, nasceu em 6 de Maio de 1926, o Comandante José Maria Sousa Machado. Nosso primeiro instrutor de Armas Submarinas, quando estava de Oficial de Dia era o "pavor", apanhava o pessoal que vinha de "salto". Depois foi oDirector de Instrução dos OCeanos na nossa viagem de instrução de 4 mêses a bordo da Sagres. Aí mostrou outra faceta, camaradagem com os cadetes, o seu humor e por vezes o seu diálogo jocoso de um Lourinhense com um Penicheiro, que nos divertia a bordo ao fim da tarde.
Que célebre este dia com todos os seus e que mantenha o seu humor característico por muito mais tempo.
Obrigado por tudo que nos fez!

quinta-feira, 4 de maio de 2017

OCEANOS


Foi a 4 de Maio de 1964  que nós largamos da BNL para a nossa primeira viagem de instrução, neste caso a bordo da Sagres. Àparte os embarques de fim de semana nos "navios de pau ", agora é que é o nosso verdadeiro "Baptismo de Mar" como marinheiros a valer.
Bons tempos.

quarta-feira, 3 de maio de 2017

ESCOLA. A/S


A 3 de Maio de 1838 é inaugurado a Escola de Torpedos, a antecessora da Escola de Armas Submarinas.

OCEANOS


Nasce a 3 de Maio de 1942, ingressou nos OCeanos o João Vasco Camilo Alves.
Um tipo "porreiro", Camaradão e Amigo, era famoso nos tempos da Escola Naval porque era capaz de encarecer o rancho. Quando das provas de natação em 1964 com os cadetes das outras marinhas, fez parte da equipa de 4x100 livres e que ficou em 2/0 classificado.
Desculpa esta efeméride ser registada com dois quartos de atraso.
Um Grande Abraço, que tenhas um dia muito feliz com os teus é que possas saborear o teu aniversário por muitos anos.

segunda-feira, 1 de maio de 2017

OCEANOS


O curso "Oliveira e Carmo" embarca nas fragatas Corte Real e Diogo Cão para a sua segunda viagem de instrução.

domingo, 30 de abril de 2017

BORDO DE HONRA

(NRP Lima)

A Marinha Portuguêsa é a única marinha do mundo que tem como Bordo de Honra o Bombordo. No entanto por um pequeno período também adoptou o EB como Bordo de Honra. Foi em 1895 que o então Ministro da Marinha, José Bento Fernando de Almeida determinou o seguinte:
"Por paridade com o uso das demais nações passa a ser considerado lado de honra o de Estibordo e nessa conformidade devem ser feitas as instalações nos navios novos e nos que estiverem em reparações, não se alterando porém, nestes últimos as instalações anteriores e aplicando-se desde já à canhoneira Zambeze".