sexta-feira, 24 de julho de 2015

OCEANOS EM BRISTOL 1964

(A Sagres, na baía de Bristol em 1964)

A 25 de julho a Sagres larga de Providence e navegando algumas milhas atraca em Bristol. A visita era tão importante que as autoridades declaram este dia o "Sagres Day".
Durante a curta estadia nesta cidade houve dois eventos dignos de registo. Um importante emigrante português, o Sr. Rays Brito, dono de uma cadeia de "supermarkets", ofereceu uma recepção em sua casa aos oficiais e cadetes. Todos os "VIP" locais estiveram presentes. Durante o trajecto apeado para sua casa vimos que a rua estava atapetada com flores e uma multidão de luso-americanos aplaudia-nos à nossa passagem. Quando chegamos o Sr. mostrou-nos a piscina e disse que tinha nos balneários calções de banho para todos nós, que estivessemos à vontade. A mêsa dos aperitivos era enorme, tornando-se  difícil conseguir dar uma volta completa à mêsa. E ainda havia a mêsa dos "main courses". Foi comer do bom até não poder mais. Recordo-me de uma miniatura eléctrica de um automóvel em que todos queria andar.
O outro evento foi uma deslocação à cidade de Ludlow, pequena cidade com uma forte implantação lusitana e com uma grande romaria anual à "Senhora de Fátima". Aí houve um rijo jogo de futebol, seguido de um lanche com baile no salão de festas que ficava por baixo da igreja, cujo pároco além de ser português tinha sido companheiro do nosso Capelão Melo no seminário. O regresso ao navio foi já durante a noite.

EFEMÉRIDES NAVAIS

(A largada para Ceuta. Fresco de Martins Barata existente no Tribunal da Relação do Porto)

A 25 de Julho de 1415 larga de Lisboa para a conquista de Ceuta uma esquadra portuguesa composta por 212 navios de guerra e transporte. Iam embarcados o rei D. João I e os infantes D. Duarte, D. Pedro e D. Henrique.

quinta-feira, 23 de julho de 2015

OCEANOS EM PROVIDENCE 1964

(A tomada de posse de John Chafee como Governador de Rhode Island em 1962)

Chegada a 23 de Julho de 1964 a Providence. A recepção à nossa chegada foi monumental. O Governador de Rhode Island recebeu-nos com todas as honras. A comunidade portuguesa "pesa" em "R.I". Neste mesmo dia houve uma recepção  seguida de baile, dada pelo Governador na sede do governo, que é uma réplica em menor do "Capitol" de Washington. Todas as autoridades e forças vivas foram cumprimentar o Comandante da Sagres.
Muitos olhares OCeanicos convergiam na esposa do governador, tinha sido "Playmate" dois anos antes.
A nossa actividade repetiu-se, passeios, "dates", outros foram ver a Pedra de Dighton que tudo leva a crer que os irmãos Corte Real ali estiveram antes de todos os outros. Também alguns foram a Fall River conhecer a comunidade portuguesa aí residente.

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Everybody loves somebody ...

Na sequência da "chamada" do JNB aqui vai um dos grandes êxitos de Dean Martin que, em 1964, afastou os Beatles do topo da lista dos "mais ouvidos".

OCEANOS EM NEW LONDON 1964

(As visitas ao navio)

A 22 de Julho após um dia de navio aberto ao público, largamos para Providence, capital de Rhode Island. O que sabemos é que a colónia portuguesa de Providence é bastante importante nomeadamente pelo seu nível cultural, além de percentualmente ser muito grande.

EFEMÉRIDES NAVAIS

( O Avila Star)

A 22 de Julho de 1942, hidroaviões Gruman da Aviação Naval (base do Bom Sucesso) localizaram uma baleeira com náufragos do navio inglês Avila Star, torpedeado a 5 de Julho ao largo dos Açores.

terça-feira, 21 de julho de 2015

OCEANOS EM NEW LONDON 1964

(... em "Blue Jay")

A 21 de julho de 1964, após a formatura de serviços foi a tarefa de preparar a Barca para as visitas que aparecem a seguir ao almoço.
Houve um torneio de vela entre equipas dos veleiros, regatas em "Blue Jay". Esta embarcação assemelhava-se a um "Snipe" um pouco mais pequeno, mas tinha "Spi" t
ambém. A equipa portuguesa foi constituída pelos OCeanos S. Lopes (leme) e Mergulhão (proa). Os resultados foram satisfatórios, um 1º lugar, um 2º e um 4º lugares, que nos deu o 2º lugar na geral. O troféu foi uma caneca de estanho feita no ano da independência dos EE.UU.
Uma curiosidade a registar. O N.M. viu numa gaveta do Blue Jay uma fita elástica branca para o cabelo, e resolveu coloca-la na testa. No final das regatas uma jovem americana quis saber quem era aquele que tinha usado a sua fita para o cabelo, ela era a proprietária do barco. Isto serviu para que os OCeanos tivessem companhia feminina para a estadia. Em 1983 O OCeano S.L. então oficial no "IBL", ofereceu um jantar a vários oficiais da sua divisão. Durante o jantar perante uma foto das regatas de New London, a mulher do Chefe de Divisão exclamou que aquele era o seu barco e ficou espantada. Lembrou-se logo do nome do OCeano que usara a sua fita: Nuno. Ela esclareceu logo o marido que eles ainda nem namoravam nesse tempo. Consegui contactar o N.M. que já estava na Reserva, e eles voltaram a encontrar-se 19 anos depois!

segunda-feira, 20 de julho de 2015

OCEANOS EM NEW LONDON


A 20 de Julho de 1964, a Sagres atraca em New London. No trânsito para o cais cruzamo-nos com um submarino nuclear americano, dos balísticos. Só se via a torre, uma pequena parte superior do casco e o leme bastante atrás, era enorme e silencioso e ao navegar devagar não fazia ondas.
Atracamos à popa do Eagle, com um banho de multidão no cais.
Durante a tarde alguns OCeanos foram até ao Mystic Sea Port, acompanhados por "guias" americanas, sendo o planetário um lugar preferido para que connosco ela "vissem as estrelas".
Sempre bem tratados por todos e com uma avalanche de visitas ao navio durante o dia, segundo informações da US Shore Patrol, a Sagres teve maior número de visitas que o Eagle.
Houve também quem fosse ao "BX" da Base Naval para compras baratas.
Por fim à noite houve uma recepção na "YMCA", acompanhado de um monumental baile com a participação de muitas debutantes luso-americanas. Mais uma vez nos coube a tarefa de pedir os "screwdrivers" para elas beberem, pois não podiam pedir bebidas alcoólicas. Valeu-nos os Oficiais de Dia fecharem os olhos às horas do nosso regresso, sendo suficiente todos presentes na formatura das 0800H.

EFEMÉRIDES NAVAIS


Em 20 de julho de 1802, foi criada a Inspecção de Fronteiras e Costas Marítimas.

NIRVANA

O homem do leme
O verdadeiro homem do leme

O mancebo

domingo, 19 de julho de 2015

Da Amizade

Um Amigo é um bem precioso.É uma âncora e um esteio em momentos difíceis e um cúmplice insubstituível nas horas de diversão. Quando perdemos um Amigo, esfarrapa-se um pouco da nossa própria vida. Para além da saudade, não podemos evitar o sentimento de culpa e frustração que tantas vezes nos atormenta: será que consegui retribuir-lhe a amizade? Porque essa, sim, é uma dívida soberana.
Faria ontem setenta anos. Bem gostaria de tê-los festejado com ele.

OPERATION SAIL 1964

(New London, Connecticut)

A 19 de Julho de 1964, termina oficialmente a "OPSAIL64". É o adeus a N.Y. e à feira. Larga-se em direcção a New London, fim da próxima etapa. O cerimonial repete-se, alguns milhares de portuguêses no cais à despedida, centenas de embarcações a acompanharem-nos até à foz do Hudson.
Do que foi a feira nada resta a não ser a "Unisfera" e a avenida contígua. Alguns dos pavilhões foram reciclados e montados noutros estados. O resto degradou-se e foi demolido. O espaço é actualmente o "Flushing Meadows - Coronna Park" com vários estádios, nomeadamente aquele em que se realiza o Open de ténis dos Estados Unidos.
Para New London não vamos só, vários veleiros também vão para N.L. onde ficava na altura a base do Eagle, e onde existe uma base de submarinos nucleares. New London orgulha-se de manter a tradição da navegação vélica. Fica lá o "Mystic Sea Port" que é um museu de veleiros do bacalhau
(escunas) e toda uma panóplia de material náutico, existindo um pequeno planetário. Nestas escunas do bacalhau embarcavam muitos portuguêses oriundos de Ílhavo, que "davam o salto" quando embarcados num bacalhoeiro português, para os "States" ficando como emigrantes. Era relativamente fácil obter o visto de emigrante depois de ser contratado para embarcar numa escuna americana.