sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Leonard Nimoy (1931 - 2015)


O Mr Spock da série de culto "Star Trek" (anos 60 do século passado) faleceu hoje. Era ator, cineasta, pintor, poeta e fotógrafo ... mas o seu grande papel na vida foi o do Vulcano da fantástica saga de "O caminho das estrelas" onde o USS Enterprise viajou pelo Espaço, "the final frontier, to boldly go where no man has gone before". Inesquecível!!!

Mais poesia

Já que o mote é a conta e o tempo, aqui vai uma poesia de Alcipe, a Marquesa de Alorna Leonor de Almeida.

Ao Tempo

Tempo, que a mão benigna pões nas chagas
Que a saudade me abriu cruelmente;
Tu, que do espinho a dor suavemente
vais tirando, e seu férreo efeito apagas;

Em ti somente espero, tu me afagas;
E quando enxuta houveres a corrente
Do inútil pranto que sai d'alma ardente,
Em vão buscada a paz talvez me tragas.

Os olhos voltarei para o passado,
E sorrindo verei chegar das lidas
O pacífico termo desejado:

Bem como às tardes as aves distraídas,
Esquecendo um chuveiro dissipado,
Cantam com as plumas inda humedecidas.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Contas... (Réplica ao soneto publicado em 1.2.2015)

Da autoria de frei Castelo Branco, frade arrábido do sec. XVII:

Deus nos pede do tempo estreita conta 
é forçoso dar conta a Deus do tempo!
Mas como dar, do tempo, tanta conta
se se perde sem conta tanto tempo?!

Para fazer, a tempo, minha conta
dado me foi, por conta, muito tempo.
Mas não cuidei no tempo e foi-se a conta, 
eis-me agora sem conta... eis-me sem tempo

Oh vós, que tendes tempo e tendes conta,
não o gasteis, sem conta, em passatempo,
cuidai, enquanto é tempo, em terdes conta 

Ah ! se quem isto conta do seu tempo 
tivesse feito, a tempo, apreço e conta,
não chorava, sem conta, o não ter tempo   


Abraço do E. Gomes