sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Almoço mensal


Após um interregno devido ao período estival e às comemorações cinquentenárias, dá-se a conhecer a todos os OCeanos que os almoços regulares (2ªs terças-feiras de cada mês) serão retomados já na próxima terça-feira (08Out) às horas e local habituais.  

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Curiosodades

No Diário da República n.º 191, Série II, Parte C de 3 de Outubro foi publicada a Listagem n.º 49, relativo às verbas atribuídas pelo Fundo de Fomento Cultural, no 1º semestre de 2013, num total de 7.916.607.76 €, compreendendo os beneficiários seguintes:
Fundação Arte Moderna - Colecção Berardo - 1.050.000 €
Fundação Centro Cultural de Belém - 3.360.000 €
Fundação Serralves - 1.435.000 €

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Lançamento do Livro OC (26Set2013)

Um (per)curso com 50 anos

No âmbito das comemorações do cinquentenário da entrada na Escola Naval do Curso “Oliveira e Carmo”, foi feita a apresentação pública do Livro de Curso, a que  apropriadamente chamamos o Livro do (Per)Curso.
A cerimónia decorreu no dia 26 de Setembro no Pavilhão das Galeotas do Museu de Marinha e teve a presença de muitos elementos do Curso e respectivos familiares, assim como de um significativo número dos seus professores e de muitos amigos, entre os quais os representantes dos Cursos que na Escola Naval foram nossos contemporâneos. Fomos distinguidos, ainda, com a presença da Senhora Dona Maria do Carmo Oliveira e Carmo e do Eng. Jorge Oliveira e Carmo, a viúva e o filho mais novo do nosso patrono.
Foi exibido um diaporama com sequências fotográficas dos Oceanos e de alguns aspectos da sua vida, criando um ambiente de acentuado cunho naval.
A anteceder a cerimónia ocorreu uma intervenção musical pelo octeto de sopro da Banda da Armada, a que se seguiram intervenções do CALM Bossa Dionísio, Presidente da Comissão Cultural da Marinha, do CALM MN Rui de Abreu, especialmente convidado para apresentar o Livro do (Per)Curso e do nosso Chefe de Curso, o Oceano JNC.
 Como opinou, e bem, o CALM Rui de Abreu, o nosso Livro será um dos mais bem conseguidos de entre os Livros de Curso que têm sido publicados.





(Para ampliar, "clicar" sobre as imagens)

NOTAS:
a) Para ver o programa do concerto executado pelo Octeto de Sopro da Banda da Armada podem seguir esta ligação.
b) Para ler a intervenção do CAlm Bossa Dionísio podem seguir esta ligação.
c) Para ler a apresentação do CAlm Rui de Abreu podem seguir esta ligação.
d) Para ler a intervenção do OCeano JNC podem seguir esta ligação.
e) Para ver o diaporama exibido podem seguir esta ligação.
f) Para ver as fotos do diaporama, individualizadas e transferíveis, podem seguir esta ligação.
g) Para ver as fotos acima colocadas, individualizadas e transferíveis, podem seguir esta ligação.

domingo, 29 de setembro de 2013

ESTÓRIAS OCEÂNICAS 10

Estando a Sagres atracada em New London, realizaram-se regatas à vela entre os cadetes dos vários países, em Newport. As regatas realizaram-se numa classe de embarcações à vela, "Blue Jay" semelhantes ao "Snipe" mas mais pequenas. Na altura eram destinadas ao adestramento do velejador para regatas.
Os dois Oceanos mais uma vez ficaram em 2º lugar, o 1ºlugar foi sempre ganho pelos italianos em que um deles era olímpico. Embarcados no Blue Jay atribuído aos Oceanos, o "proa" descobriu na gaveta junto ao mastro uma fita branca para cabelo e resolveu coloca-la na testa. Acabadas as regatas e na recepção de entrega de prémios descobriu-se que a embarcação pertencia a uma garota da idade dos Oceanos. O "proa" lá meteu conversa e conseguiu companhia para a estadia em New London.
Em 1984, estando colocado o outro oceano no CINCIBERLANT, durante um convívio em sua casa, a mulher do americano Chefe da Divisão do Oceano mostrou que era uma praticante de vela. Palavra puxa palavra e a certa altura foi-lhe mostrada a foto do Blue Jay com a tripulação portuguesa. Ela olhou para a foto e exclamou "era o meu barco", e até recordou o nome do "proa", passados 20 anos;
e vi9rando-se para o marido disse-lhe que naquela altura ainda não namorava com ele e que se divertira muito na companhia do Oceano.