terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Porquê agora?

O comunicado do Conselho de Chefes de Estado -Maior hoje divulgado deixa-me perplexo e desgostoso. Porque razão o fizeram e, ainda por cima, agora? Se foi por causa do jantar e do programa "Prós e Contras" mais valia que o não fizessem. Não faltará quem associe este comunicado à manifestação da brigada do reumático, de que estes chefes ainda  se devem lembrar. Alguém lhes terá sugerido que o fizessem? Tudo isto é muito estranho e terceiro mundista.
Declarar lealdade ao governo é desnecessário a quem está em funções, por definição; fazê-lo quando há agitação é sinal negativo para todos menos para o governo.

domingo, 24 de fevereiro de 2013

"O SINDICATO"

O denominado , ou alcunhado, SINDICATO, reunido num jantar na Escola Naval , no tempo do Silva Santos como Director e 1º Comandante

Medalha moderna

Foi agora instituida uma nova medalha militar nos Estados Unidos designada como Distinguished Warfare Medal, que se destina a recompensar os actos relevantes com impacto nas operações de guerra sem estar no terreno. É o caso dos pilotos de aeronaves não tripuladas que combatem a milhares de kilómetros de distância. A medalha foi logo alcunhada de Drone Medal e está a ser objecto de muito gozo e controvérsia, não só pela forma da medalha, que representa uma consola de jogos de computador, mas também por ter sido colocada com precedência sobre o Purple Heart e a Bronze Medal, estas destinadas a quem dá o coiro. Sinal dos tempos. Também é certo que se descobriu agora que estes pilotos de sofá sofrem dos mesmos problemas psicológicos que os pilotos envolvidos em operações no teatro.

Defesa Nacional e Forças Armadas


Na linha de qualidade a que nos tem vindo a habituar, o OCeano JPN volta a debruçar-se sobre a temática "Defesa Nacional e Forças Armadas". Como ele diz,  "... o que se verifica é que na atualidade e uma vez mais as FA estão na ordem do dia, nacional, e os assuntos polémicos e sobre os quais se opina, entre outros, são os temas de sempre, do redimensionamento, do reequipamento e modernização, das carreiras militares, dos recursos, etc., etc. " Os seus pontos de vista foram publicados no Jornal de Defesa e Relações Internacionais e podem ser lidos seguindo esta ligação. Julgo que a leitura do artigo do JPN é uma boa preparação para quem quiser acompanhar, com conhecimento de causa, o debate sobre as Grandes Opções do Conceito Estratégico de Defesa Nacional que está previsto acontecer na Assembleia da República em 08 de Março.