quarta-feira, 28 de novembro de 2012

A grosseira inconstitucionalidade da tributação sobre pensões



Acho que ninguém deve deixar de ler este artigo de António Bagão Félix, aparecido no jornal "Público". Para o fazer basta seguir esta ligação .
Realço o seguinte passo:
"Estranhamente, os partidos e as forças sindicais secundarizaram ou omitiram esta situação de flagrante iniquidade. Por um lado, porque acham que lhes fica mal defender reformados ou pensionistas desde que as suas pensões (ainda que contributivas) ultrapassem o limiar da pobreza. Por outro, porque tem a ver com pessoas que já não fazem greves, não agitam os media, não têm lobbies organizados."

Notas de reportagem

Ontem, devidos às condições climatéricas, atrasei mais de uma hora o meu passeio matinal.


Foi com alguma surpresa e muito agrado que ao passar pelo relógio sito no paredão de Cascais verifiquei que, depois de alguns dias avariado, estava a funcionar em pleno. Boa ... bom trabalho, pensei eu.


Mas foi sol de pouca dura ... quando regressei, uma meia horita depois, já estava avariado outra vez ... não se pode confiar na qualidade dos serviços de manutenção do paredão.


Ainda no paredão e talvez confundidas com as horas, face às avarias nos relógios, uma série de senhoritas, bem aperaltadas, protegia-se de uns inoportunos pingos de chuva ... preparavam-se, talvez, para um chá lá mais para a tarde.

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Exposição

Subordinada ao título "Entre o Real e o Imaginário" está, desde hoje e até ao dia 2 de Dezembro, no salão multiusos do CASOeiras-IASFA (edifício ao lado do Liceu de Oeiras). Pode ser visitada entre as 1300 e as 1800 hrs. Falta dizer que a artista autora é Rosário Mateus, uma OCeana via Jacinto Ramos Guerreiro. Muito sucesso é o que desejamos à Rosário.