sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

VALE A PENA !!!


Encerrado há mais de 50 anos, o Palácio da Cidadela de Cascais abriu pela primeira vez ao público a partir do dia 26 de Novembro, após uma intervenção de reabilitação de todo o edifício, bem como da Capela de Nossa Senhora da Vitória e dos espaços exteriores.
O projeto de reabilitação, da autoria do arquiteto Pedro Vaz, procurou o ponto de equilíbrio entre o respeito pela arquitetura e materiais da época e as necessidades de conforto, requisitos funcionais e exigências regulamentares contemporâneas.
A cerimónia de inauguração integrou ainda a inauguração da exposição “Jogo da Glória – o Século XX Malvisto pelo Desenho de Humor”, que revisita, através do humor, os principais acontecimentos políticos e sociais o século XX. ( muito interessante, diversificada e extensa - 1/2 hora para ver com cuidado)

e os preços até são baratos, e ainda mais para nós....

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Mais um achaque ...

Desta vez do OC José CP que descobriu ter uma fabriqueta de pedras da calçada nos "rinzes" tendo a respectiva eliminação sido feita pela via mais natural o que tem implicado sérios ardores e desconfortos. Parece que a situação está sob controlo mas ainda se prolongará por uma boa parte de Dezembro. Desejo-lhe rápidas melhoras e envio-lhe um abraço de solidariedade.

domingo, 27 de novembro de 2011

Novamente ao ataque

As notícias da última semana sobre as FA, depois de o Primeiro -Ministro ter ido ao IESM, são sinistras e pedem meças aos ataques de governos anteriores que as tentaram secar. A reforma que foi terminada no ano passado com grande fanfarra e muitos anos de trabalho, afinal vai para o lixo. Pretende-se reduzir ainda mais, concentrando unidades em gettos militares e com menos capacidades. Parece que terá uma medida positiva, que será a redução do quadro orgânico do EMGFA, um mega aborto do saudoso Santos Silva. Depois da inteligentíssima medida de parar as promoções para poupar dinheiro, oferecem agora a possibilidade de fazer promoções sem aumento salarial! No terceiro mundo isto não existe, foi inventado aqui e não me consta que a medida seja extensiva aos civis do MDN, a começar pelo ministro, que podia ficar com vencimento de secretário de estado. À boleia disto tudo fala-se em tirar a Marinha do Terreiro do Paço, o que anda a ser tentado há muito por várias forças, talvez para fazer hoteis de charme ,ou abrir lojas para paquistaneses venderem galos de Barcelos. Não se vê que isto tenha alguma coisa a ver com medidas de economia, visto que a substituição destas instalações por outras no Alfeite custaria muitos milhões. E, mesmo assim não seria seguro, porque os amigos dos pato-bravos querem o Alfeite para a constução civil. Eu há muito que digo que a Marinha vai acabar na Serra da Estrêla.