sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

C.m.g. José Howell Santos Heitor

Ainda que esperada, a notícia da morte do Zé Heitor chegou como um choque neste inverno já cheio de más notícias. Vai-se um amigo e um Oficial de Marinha singular, que desde a Escola Naval tinha uma aura. Uma referência no Clube Militar Naval, que fica agora mais triste.
Um abraço e até sempre, caro Zé.

Este inverno




O mau tempo que se fez sentir esta semana fez, mais uma vez, estragos grandes no paredão do Estoril. O novo pavimento que foi feito há quatro ou cinco anos, já está todo praticamente arruinado. Mas se não fosse só a acção do mar, ainda pior é a acção do homem. Presentemente estão a abrir uma enorme vala para meter uma grande conduta de esgoto de águas pluviais, que ninguém conseguiu prever há poucos anos atrás. Lá vão mais uns milhões para os abre-valas do costume. Com o pavimento rebentado e as vedações arrancadas, passear por aqui assemelha-se

a Bagdad nos tempos da guerra.