sábado, 10 de julho de 2010

Nas Seychelles!!!

Em tempo de grande austeridade, eis que o nosso MDN se desloca às Seychelles para visitar um destacamento da Força Aérea que aí se encontra no âmbito da operação Atalanta, da União Europeia. É um destacamento constituido por um avião de patrulha marítima P-3 e por 42 militares. Mas não foi só. Acompanha-o o CEMGFA, seu principal conselheiro militar, que o esclarecerá sobre operações aero-navais e combate à pirataria. O Chefe de Estado-Maior da Força Aérea não foi.

Este país está cada vez mais bizarro.

terça-feira, 6 de julho de 2010

Lula diz como é.

O presidente brasileiro Lula da Silva, em viagem por vários países da África Ocidental, recusou-se a visitar a Guiné-Bissau por o chefe do levantamento militar de 1 de Abril, general António Indjai ter sido nomeado CEMGFA. Recorde-se que este militar mandou prender o anterior Chefe e ameaçou matar o primeiro-ministro que agora o nomeou. Lula disse claramente que se organizem primeiro e que só depois haverá ajuda económica e relações normais. Ora isto contrasta com o procedimento de Portugal e da CPLP, onde se continua alegremente a admitir a presença da Guiné em todas as reuniões, incluindo os golpistas com as mãos sujas de sangue, como se nada acontecesse. Vão-se realizar, a 22 e 23 deste mês, reuniões de presidentes e ministros da CPLP, em Luanda, e cá estaremos para ver.
Amado, Cravinho e Companhia, aprendam com o Lula.

Actuação Policial

Acabo de ouvir as notícias e nelas o Presidente da Camara de Cascais afirmou que no passado domingo não foi presenciada qualquer esforço de vigilância policial nas praias do concelho nomeadamente na do Tamariz onde ocorreram os distúrbios. Claro que ao domingo os rapazes devem ter que descansar!
Mas já não podem descansar aquando do dia da Polícia (dois dias antes) em que estavam todos e mais alguns nos festejos em frente aos Jerónimos para descanso do Sr Ministro. E para esse evento não tiveram qualquer pejo em limpar de carros toda a zona nas redondezas desde a véspera. Foi uma maravilha ! Impedir o estacionamento e limitar o transito numa zona nobre e de grande movimento só para deleite de uma corporação que é suposto estar ao serviço dos cidadãos!
Esta vida não é nada fácil para o cidadão comum....