sexta-feira, 14 de março de 2008

HEROIS DE TROIA

SIC

Não dá para crer. Entrevista da Editora de Política da SIC ao Primeiro Ministro.Raquel Alexandra
Passam por ruas do bairro alto , lindas e históricas , com casas e muros e tudo ,carregado de grafitti.

Parece que foi de propósito.

Pois aquela alma , que se dizem todos profissionais de mão cheia e os outros é que são maus , não foi capaz , nem teve a intuição , de lhe mencionar sequer o assunto e a vergonha que aquilo é.
A não ser , a não ser , que se recordasse que o PS votou ,no parlamento , contra a proibição dos grafitti , dizendo que aquilo era uma manifestação de arte e expressão individual.
O curioso é que não os há(ou as há, as manifestações culturais) no largo do Rato , nem em Massamá , nem no Vau , nem na Braancamp , nem no Club de campo de Belas...........

Coisas passadas

A nossa idade, que já vai sendo provecta, dá-nos para recordar as coisas mais estranhas e, até, sem importância nenhuma, mas que surgem à tona sabe-se lá porquê. Um dia destes lembrei-me do drama que sempre foram as comunicações na Marinha. Talvez seja por causa desta permanente incapacidade para se actualizar seja o que for nas F.A., em termos de material. Se agora é deliberado, noutros tempos não seria e, no entanto...
Vamos por partes. A Marinha foi pioneira nas comunicações e sempre teve e manteve uma rede fixa e um serviço móvel marítimo de ondas curtas de grande qualidade. Nunca foi problema comunicar em HF de Macau ou Timor para Algés, no entanto dois navios falarem entre si, em fonia, a curta distância foi sempre mais problemático. Então com navios mercantes só mesmo quando apareceram os equipamentos VHF, o que foi tardíssimo. Nos tempos de África, ao entabular comunicações com navios mercantes, eles mandavam passar ao canal 16 e nós olhávamos uns para os outros _ Canal quê? Só com as "Pereira da Silva" e as "João Belo" apareceram na Marinha os primeiros VHF canalizados, como o resto do mundo já tinha há que anos, e foi uma alegria. No plano táctico, com equipamentos de UHF de sintonia a cristal, a flexibilidade em frequências era perto de zero e a fiabilidade era tal que era costume estabelecer os circuitos do plano de operações na véspera de sair para o mar, que era para ter a certeza de que não havia falhas. Para exercícios da NATO, requisitar e ter a bordo à hora de largar todos os cristais necessários era uma dor de cabeça para o comunicativo. Nessa época a cooperação com a Força Aérea era intensa. Praticávamos muito TASMO, mas era uma lotaria. Os nossos camaradas pilotos muitas vezes deram meia volta e foram embora por não conseguirem falar connosco. Eles saltando de frequência com toda a facilidade e nós continuando cristalizados. Isto provocáva-me uma certa raiva, porque via a circular por Lisboa triciclos motorizados com rádio, a distribuir bilhas de gás que, de certeza, não tinham os nossos problemas. Era uma humilhação. Foram depois introduzidas as comunicações por RATT com cifra on line. Outro drama; não se conseguia comunicar, alinhar as máquinas era um bruxedo. Ao fim de muito tempo lá se conseguiu, depois de uma acção de espionagem em que tomei parte. Para comunicações internas dos navios, sobretudo para a faina, havia uns transreceptores já modernos, creio que era o DP 15, mas só havia oito na Marinha e tinham que andar a rodar pelos navios que iam para o mar, provocando toda a casta de problemas. O Comandante Naval prometia que se haviam de comprar mais, mas só podiam ser inscritos num orçamento para dali a não sei quantos anos.Isto causava a maior estranheza porque cada polícia de choque trazia um igual à cintura. Vinham de Macau, dizia-se.
Levou muito tempo até que tudo começasse a normalizar com a substituição de equipamentos, a instalação do Sistema Integrado de Comunicações, os satélites, a informatização, etc. Parece hoje tudo tão fácil, mas olhando para trás até custa a crer...

quinta-feira, 13 de março de 2008

Mar

Concorde-se ou não com as teorias deste filosofo , o certo é que é dos escritores mais lidos do mundo , um dos mais pragmáticos e , certamente , aquele cuja obra , posta em prática , mais frutos deu , em matéria real.
Morreu em Londres , faz hoje 125 anos , sem nunca ver o mal (ou para uns o bem ) , sem nunca sentir na carne , o que o seu pensamento provocou.
Mas foi um homem do século , porventura um dos maiores.
Mas eu não o choro , naturalmente

Cócegas ao paredão

Aqui há uns dias o oceano resolveu fazer umas cócegas ao paredão de Cascais e este ficou com algumas mazelas menores. Eis um pequeno apanhado das ditas. Na altura encontrei um transeunte-utente do paredão que ao verificar os estragos no corrimão avançou com uma teoria, original e arrojada, para as causas do acontecido ... disse ele que "deve ter sido uma onda!".

BubbleShare: Share photos - Play some Online Games.

quarta-feira, 12 de março de 2008

Almoço de 11 MAR 08

A pedido do autor, o Trigo Allen, aqui ficam as fotos por ele tiradas no almoço de ontem.

Vejam como estamos cada vez mais jovens.

BubbleShare: Share photos - Find great Clip Art Images.


(Pasra as fotos irem passando automaticamente, carregar na seta do meio até ser substituida por dois traços verticais)

Pecados mortais

Bento XVI actualizou a lista de pecados capitais da Igreja Católica, juntando mais seis aos já conhecidos (sete) há mais de mil anos. Dos novos, onde aparecem a pedofilia e o tráfico de droga, sobressai, na minha opinião, a "riqueza desmesurada". Não sei se este pecado está claramente definido e quantificado mas julgo que vai alertar algumas consciências e comportamentos, a começar pela própria Igreja que detém bens terrenos em quantidade e valor muito apreciáveis ... e não faço mais comentários para não ferir eventuais susceptibilidades filosófico-religiosas. Uma nota final para a definição de pecado mortal:
"É uma falta grave que, se não for confessada e alvo de absolvição e arrependimento, abre caminho ao fogo do inferno."

terça-feira, 11 de março de 2008

HEROIS DE TROIA

A TVI , hoje , no jornal da noite......

Numa reportagem sobre este novo e inquietante fenómeno e dando conselhos ao espectador , sabem a quem os foram pedir?

Ao sindicato dos polícias!!!!!!!!

E , ainda por cima , o individuo que os deu , tinha um facies de meter medo......

Reformados (Descontos ADM)

O MPM, sempre atento aos problemas do pessoal, pediu-me para pôr no blogue um documento relacionado com os descontos ADM dos reformados. Quem estiver interessado em ler o documento em causa só tem que "clicar" aqui e depois abrir o ficheiro.

Nota: Fotografia "by flax - on Flickr"

Naide Gomes

Parabéns para esta poderosa e completa atleta pelo título alcançado nos Campeonatos Mundiais de Pista Coberta em Valência. Naide (1,81 m, 70 Kg e 28 anos) saltou uns belíssimos 7,00 metros. Foi bem acompanhada pelo triplo-saltador campeão mundial ao ar livre (Osaka 2007), Nélson Évora, que desta vez "apenas" conseguiu o bronze.

segunda-feira, 10 de março de 2008

ABERTURA


Para comentar as eleições espanholas a RTP N convidou ontem , sob a batuta de Marcia Rodrigues-que estava sempre a querer evidenciar-se-, nada mais nada menos do que Ramon Font (ex jornalista da EFE , seu representante em Lisboa e agora , creio , representante da TVE(e homem de esquerda e muito) e Cesário Borga (preciso dizer alguma coisa?).


Que dialogo aberto e democrata!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

DEFESA

A pedido do MPM aqui vai: