sábado, 5 de janeiro de 2008

sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

HOJE FOI ESTE....

Ameaças de um grupo armado que não se sabe bem quem e quantos são , o que querem e o que
fazem , conseguem cancelar , no ultimo dia , uma prova da envergadura do Lisboa Dakar.
Milhões de € de prejuízos , milhares de pessoas decepcionadas , imensos desportistas frustrados.

Hoje foi esta...e amanhã??? Os jogos olímpicos ? , o campeonato do mundo de futebol? , as eleições americanas?


Vamos passar a ficar em casa ?

NO COMMENTS


LISBOA - DAKAR- BCP

quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Portugal 2008?

Será este o Portugal 2008?

" Um povo imbecilizado e resignado, humilde e macambúzio, fatalista e sonâmbulo, burro de carga, besta de nora, aguentando pauladas, sacos de vergonhas, feixes de misérias, sem uma rebelião, um mostrar de dentes, a energia dum coice, pois que nem já com as orelhas é capaz de sacudir as moscas; um povo em catalepsia ambulante,não se lembrando nem donde vem, nem onde está, nem para onde vai;um povo, enfim, que eu adoro, porque sofre e é bom, e guarda ainda na noite da sua inconsciência como que um lampejo misterioso da alma nacional, - reflexo de astro em silêncio escuro de lagoa morta (...)
Uma burguesia, cívica e politicamente corrupta ate à medula, não descriminando já o bem do mal, sem palavras, sem vergonha, sem carácter, havendo homens que, honrados na vida intima, descambam na vida publica em pantomineiros e sevandijas, capazes de toda a veniaga e toda a infâmia, da mentira a falsificação, da violência ao roubo, donde provém que na politica portuguesa sucedam, entre a indiferença geral, escândalos monstruosos, absolutamente inverosímeis no Limoeiro (...)
Um poder legislativo, esfregão de cozinha do executivo; este criado de quarto do moderador; e este, finalmente, tornado absoluto pela abdicação unânime do pais, e exercido ao acaso da herança, pelo primeiro que sai dum ventre, - como da roda duma lotaria.
A justiça ao arbítrio da Politica, torcendo-lhe a vara ao ponto de fazer dela saca-rolhas;
Dois partidos (...), sem ideias, sem planos, sem convicções, incapazes (...) vivendo ambos do mesmo utilitarismo céptico e pervertido, análogos nas palavras, idênticos nos actos, iguais um ao outro como duas metades do mesmo zero, e não se amalgando e fundindo, apesar disso, pela razão que alguém deu no parlamento, - de não caberem todos duma vez na mesma sala de jantar (...)"

Guerra Junqueiro, 1896

Bagdade


De repente dou por mim a pensar onde vivo eu. Na passagem do ano há três mortos a registar causados por tiros para o ar para festejar a efeméride. Os moradores desses bairros não estranharam muito, curiosamente. Já habituados à gritaria das mulheres na rua e agora com tiros para o ar, isto está igualzinho a Bagdad, Beirute, Islamabad... Felizmente que acabou a presidência da U.E. antes dos tiros; mas se nós somos assim, por que há de ser recusada a entrada da Turquia na União?

terça-feira, 1 de janeiro de 2008

ESQUECE , OH MEU!!!!

Pois no ano em que os 65 se vão aproximando , resolvi, ou fui chamado a , esquecer quem me ofendeu , maltratou , lixou ou o quiz fazer.

Também , naturalmente e com humildade , peço perdão a quem ofendi , maltratei , lixei ou tentei lixar. Mas , se o fiz , e que me desculpem os que não acreditam , não foi por mal , ou com intenção de cicatriz. Mas sei que aconteceu.

A política , essa cabra , também chegou aqui e , por hoje , vê-se que não devia ter chegado. Nada vale a Escola , a Sagres , os Draga Minas , os Fuzos , as comissões lá longe. Nada vale isso. Nem 25 seja de que mês fôr.

A todos vós , do OC principalmente , e os Camaradas de Marinha , no NT primeiro e todos os outros , esta palavra , que não é vã e não é dita sem embargo , valerá o ano proximo, e a restante vida.

Peço que me a aceitem

segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Bom Ano de 2008


Um bom ano de 2008 para todos os leitores do blogue, com votos de muita colaboração de velhos e novos bloguistas e que se esqueçam de todas as contrariedades de que 2007 foi pródigo.

Passem com alegria, porque só os perús têm razão para estar chateados...

domingo, 30 de dezembro de 2007

MST

Maria-sem-vergonha (Impatiens walleriana)
(foto de COElhuda em Flickr)

Correndo o risco de parecer sofrer de pessimismo exarcebado, não resisto a referir mais uma boca (certeira) do MST (Expresso de ontem):

"A história do BCP é absolutamente exemplar de um regime, em sentido lato, onde tudo o que são valores essenciais - incluindo a própria vergonha - parecem ter-se perdido para sempre"